6 impasses de obra comercial que uma boa construtora ajuda a evitar

 

Investir em uma obra comercial certamente é um desafio. Por isso, não dá para entregar todo o planejamento e a…

Investir em uma obra comercial certamente é um desafio. Por isso, não dá para entregar todo o planejamento e a execução nas mãos de profissionais que não têm experiência para resolver impasses que podem surgir.

Nesse caso, é preciso sair em campo e pesquisar uma boa construtora para evitar certos percalços na execução de uma obra comercial.

A seguir, confira os impasses que devem ser evitados, e o que uma boa prestadora de serviço pode fazer em uma obra comercial.

1. Evitar o excesso de gastos na obra comercial

Quando você contrata uma construtora, antes de iniciar a obra comercial, uma equipe de profissionais planejará toda as etapas com base nos projetos e fará o levantamento dos melhores custos relacionados aos materiais.

A obra, portanto, será realizada em etapas, sendo que a empresa criará um cronograma com todos os gastos referente a elas. Dessa forma, você não fica perdido em meio a tantos procedimentos e aquisições – tudo é devidamente documentado e justificado.

Mas aí você pode se perguntar: “Como eu vou saber se a empresa não está ultrapassando o limite de gastos acordado?”.

Por meio do contrato firmado.

Se o contrato for por administração, você paga uma taxa preestabelecida à construtora com base em um limite máximo de custos da obra (Preço Máximo Garantido – PMG). Caso ela ultrapasse o limite, a taxa de administração que você paga diminui, não o deixando no prejuízo.

Já se o contrato for por empreitada global, a empresa propõe um preço fechado para a execução da obra comercial, e não pode ultrapassar esse valor.

Então, eis a dica: contrate uma construtora que celebre um contrato que não permita que os custos fiquem além do permitido – e, se, por algum motivo, eles ultrapassarem, o contrato precisa estabelecer as responsabilidades quanto a isso.

2. Diminuir preocupações com a segurança dos profissionais

Quem lida com obras residenciais, por exemplo, sabe que, muitas vezes, os funcionários contratados não levam em consideração os itens de segurança, que previnem acidentes.

A empresa escolhida não deve atuar assim, já que, afinal, a falta de segurança durante a execução de uma obra comercial também coloca em risco a sua própria reputação.

Segurança vai além do uso de equipamentos e das boas práticas em um canteiro de obras. Diz respeito ao profissionalismo e à experiência da equipe técnica que trabalhará na obra, bem como no cumprimento das certificações de segurança e nos devidos licenciamentos dos órgãos competentes.

3. Controlar o uso correto dos materiais

Outra questão que pode, inclusive, influenciar nos custos da obra comercial é a identificação dos diferentes materiais para as construções – uma boa construtora sabe fazer essa escolha com base no projeto da obra, evitando compra errada e até desperdício.

Além de saber escolher os materiais apropriados, outro impasse que você resolve ao contratar uma empresa de confiança é que ela tem a devida experiência para a aplicação dos materiais. Não adianta constar no projeto um piso feito com cimento queimado se o profissional não souber realizar a técnica correta – evitando rachaduras e desníveis, por exemplo.

Então, se quiser que a obra comercial seja executada com o uso consciente e correto dos materiais, contrate uma boa construtora. Ela cuidará de todos esses detalhes, de acordo com os projetos e o orçamento.

4. Garantir o cumprimento do cronograma

Pelo fato de tudo estar acordado em contrato, um grande impasse que a prestadora de serviços ajuda a evitar é o prazo de entrega da obra – ou, melhor, o cumprimento de todas as etapas do cronograma de execução.

É claro que imprevistos podem ocorrer – como um mau tempo que dura mais que o esperado – mas necessário fazer a análise de riscos e cumprir o cronograma baseado nos contratempos que podem surgir.

E mesmo que, por algum motivo, o cronograma sofra um atraso, a construtora prevê suas responsabilidades quanto a isso também em contrato – aliás, essa é uma obrigação, e não um diferencial da empresa.

5. Garantir o atendimento às normas e legislações

Executar obras comerciais com o suporte de uma construtora experiente tira um grande peso de suas costas, pois a empresa garante um padrão de qualidade técnica em todas as etapas.

Em primeiro lugar, ela vai analisar minuciosamente cada detalhe dos projetos arquitetônicos e complementares de sua obra para verificar se eles realmente são compatíveis entre si – o que evita problemas de alterações e inconsistências que precisarão de resoluções mais cedo ou mais tarde.

Em segundo lugar, a construtora também se preocupa em prestar uma verdadeira consultoria em relação às normas técnicas e legislações da região, para que tudo esteja de acordo com as boas práticas de execução.

6. Fornecer garantia pós-obra

Muitas pessoas deixam de levar em consideração que uma obra comercial não termina quando a limpeza do local é feita e as chaves são entregues. É preciso que a contratada forneça uma garantia de que tudo foi feito conforme o projeto, e que tudo está em perfeito funcionamento (parte elétrica, hidráulica, instalações de materiais, etc.).

Aqui, na Amplus Construtora, nós levamos esse assunto a sério e respeitamos todas as garantias que são estabelecidas em normas. Um exemplo são os padrões de desempenho da norma NBR 15575, que detalha a garantia mínima que cada componente, sistema e elemento da edificação precisa ter.

Na prática, portanto, você não precisa se preocupar se a obra foi feita corretamente. Antes da entrega, realizamos vários testes no local para certificar que tudo está em ordem. E caso o cliente perceba alguma alteração depois da entrega, nossos engenheiros entram novamente em campo para outra vistoria, verificando a garantia a e responsabilidade do problema sinalizado.

 

E então, ficou mais claro o papel de uma boa construtora na obra comercial? Aproveite e confira dicas de como escolher a melhor empresa para o seu projeto e até a próxima.