Acompanhe as novidades e fique por dentro

31
jul

Aplicações de Inteligência Artificial na Construção Civil

Por Matheus Vilachã

A cada dia que passa novas aplicações de Inteligência Artificial surgem e impressionam até os mais céticos. Há modelos que auxiliam na composição de fundos de investimentos baseado nas cotações passadas, modelos que auxiliam bancos a definirem o limite de crédito de cada cliente com base no seu histórico, e até mesmo modelos que dizem se uma pessoa tem ou não câncer de pele a partir de imagens de manchas em seu corpo.

Mesmo com os recentes avanços da IA, as aplicações na construção civil ainda são poucas. Apesar disso, já existe uma grande quantidade de dados que pode ser usada para ensinar máquinas. No setor a IA pode ser usada no desenvolvimento de projetos, na mitigação de riscos e no monitoramento de obras.

Projetos

Para planejar e projetar uma construção, deve-se levar em consideração modelos de arquitetura, eletricidade, estrutura, hidráulicos, sanitários, entre outros. Além disso, para que tudo ocorra dentro dos prazos estabelecidos, é necessário que haja uma clara noção de quanto tempo deve ser gasto em cada atividade. Softwares baseados no conceito de Modelagem das Informações de Construção (Building Information Modeling, ou BIM) auxiliam nessa tarefa. Porém, eles ainda dependem da interferência humana para garantir que não haja nenhuma incompatibilidade entre os modelos.

Já foram desenvolvidos plug-ins focados nos aspectos mecânicos, elétricos e hidráulicos do projeto (e todo o cronograma das atividades envolvidas nesses processos). Os programas usam IA para explorar todas as possíveis permutações de uma solução. A partir daí apontam qual a mais indicada para a obra. Sempre testando e aprendendo o que funciona e o que não funciona a cada iteração.

Riscos

Diante da grande quantidade de dados que podem ser coletados em uma construção, outra aplicação de IA na construção civil é na mitigação dos riscos inerentes a uma obra. Os dados podem ser coletados em forma de áudio, vídeos e documentos gerenciais. A partir deles o software pode usar algoritmos de aprendizado de máquina para classificar um problema como sendo de alto risco. Com essa informação, é possível indicar quem pode resolvê-lo e, dependendo de como foi treinado, até mesmo indicar como resolvê-lo.

A IA também pode ser usada em modelos que auxiliam no cumprimento de normas de segurança do trabalho. Modelos que usam redes neurais podem analisar imagens das obras em tempo real e indicar se há pessoas sem capacete, por exemplo. Já existem programas capazes de analisar fotos de obras e sugerir melhorias de segurança para os responsáveis.
Outra aplicação promissora da IA neste sentido é no mapeamento tridimensional do canteiro de obra. Com uma noção exata de onde estão máquinas de grande porte, objetos e pessoas, é possível evitar colisões e maiores acidentes.

Monitoramento da Obra

Dentro de uma obra, é de extrema importância manter o estoque de materiais e insumos atualizado, o que evita atrasos e permite que a obra não pare. Em contrapartida, deve-se evitar manter estoques muito elevados para reduzir o custo da obra e evitar desperdícios. Para auxiliar nessa tarefa, outra aplicação da IA é na administração dos recursos necessários para a realização de uma construção. Os dados podem estar estruturados em planilhas, e até imagens podem ser utilizadas como fonte de dados nesses modelos.

No Vale do Silício, empresas já estão desenvolvendo este tipo de modelo. Os programas usam veículos autônomos, como drones e pequenos robôs equipados com câmeras e sensores para percorrer a obra. A partir daí, eles coletam dados, que são capazes de indicar atrasos, uso excessivo de insumos e quanto comprar de insumo ao longo da obra. Eles também são capazes de calcular índices de produtividade e com tudo isso manter os stakeholders atualizados.

Até onde a IA pode chegar dentro da Construção Civil

As aplicações de IA são incontáveis. Para qualquer tipo de problema um modelo pode ser criado e treinado para resolvê-lo. Dentro da construção civil, as soluções ainda são poucas diante da grande quantidade de tarefas que podem ser auxiliadas por algum software que usa essa tecnologia. Empresas norte-americanas foram as pioneiras no desenvolvimento de soluções com AI. À medida que seus bons resultados forem expostos à comunidade da construção civil os recursos investidos em pesquisas nesse campo tendem a crescer exponencialmente. O futuro é certamente bastante promissor.

  • Compartilhe: