Como escolher o galpão ideal para o seu negócio

  |   por

Geralmente, grande parte das empresas possui um local específico para estocar sua mercadoria. No entanto, nem sempre esses espaços são…

Geralmente, grande parte das empresas possui um local específico para estocar sua mercadoria. No entanto, nem sempre esses espaços são os mais adequados para todos os tipos de produtos. Em locais sem a estrutura adequada, a equipe acaba enfrentando um desafio maior na hora de manter a mercadoria conservada, tendo que fazer adaptações que nem sempre são a escolha mais inteligente. Escolhendo a estrutura de galpão certa, esse problema pode ser evitado. 

A construtora especializada, junto aos profissionais parceiros, como projetistas, especialistas na legislação local, imobiliárias, irão projetar o espaço com o objetivo de melhorar ao máximo as condições de armazenamento e a movimentação de cargas pelo menor custo possível. Assim, produtos que necessitam de armazenamento separado ou precisam ser empilhados de um jeito diferente, podem ser trabalhados sem nenhum problema pela empresa, melhorando a eficiência operacional do seu negócio e, consequentemente, maximizando lucros.

Conheça os principais tipos de galpão

Escolher o tipo de galpão ideal para a sua empresa pode ser um fator decisivo no sucesso do seu negócio. A escolha da estrutura utilizada dependerá de diversos fatores: tipo do solo, topografia do terreno, localização do galpão a ser implantado, pé direito necessário para a operação, vão livre necessário, qual a carga que cada nível do galpão terá que suportar, entre outros. Confira as principais opções:

Galpão shed

A estrutura do galpão tipo shed apresenta vãos simples ou múltiplos, tendo sua cobertura montada em formato de “degraus”. Essa estrutura possibilita aberturas na parte de cima do galpão e favorece a iluminação e a ventilação no local, o que é ótimo para produtos que demandam iluminação natural ou um local mais arejado. O galpão shed é uma escolha que contribui, inclusive, na economia de energia da empresa. Se a sua empresa necessita de muito espaço interno, essa pode ser uma boa escolha, pois essa estrutura conta uma grande extensão transversal e longitudinal.

Galpão shed.

Galpão piramidal

Já para quem precisa de armazenamento em áreas limitadas, os galpões piramidais podem ser mais indicados: eles são montados em tendas tensionadas e podem ter áreas de 25 metros a 225 metros quadrados. O suporte é feito com chapas de ferro montadas com encaixe, parafusos de fixação e conexões, ou ainda utilizando um sistema de tubos. Este tipo de galpão possibilita grandes áreas modulares ótimas para eventos, showrooms e lançamentos de produtos, uma vez que as tendas dispensam fundações e podem ser interligadas. Para quem tem uma área mais limitada e pouco de resguardo, essa é a melhor opção.

Tendas piramidais.


Galpão com mezanino

As empresas que precisam destacar uma área para escritório, refeitório, vestiário ou mesmo para realizar a gestão do espaço, costumam optar pelos galpões de dois pisos. Eles possibilitam a montagem de um mezanino: um outro nível além do armazenamento, geralmente entre o térreo e o primeiro andar, aproveitando melhor o espaço do depósito. Esta é a escolha ideal para quem deseja unificar estoque e administração, mas prefere separar cada ação em níveis diferentes no mesmo local.

Galpão com mezzanino.


Galpão inflável

O galpão inflável é um importante espaço de logística que pode ser erguido com rapidez. Esse tipo de galpão é perfeito para quem necessita de um espaço com urgência e não pode parar as operações da empresa. Eles costumam ser erguidos através de estruturas metálicas, podendo ser até mesmo deslocados ou usados em situações de emergência, como eventos esporádicos, mudanças climáticas bruscas ou outros fatores. Galpões infláveis são ideais para o armazenamento permanente e para a proteção emergencial de alguma mercadoria.

Galpão inflável.


Galpão em arco

Essa estrutura é excelente para locais muito chuvosos ou que sofrem com diferentes fenômenos climáticos. A sua estrutura é montada em formato acústico, favorecendo o escoamento da água no telhado e diminuindo o risco de infiltrações no local.

Galpão em arco.


Galpão de lona duas águas

Essa estrutura costuma ser mais flexível, cobrindo desde áreas pequenas a dezenas de metros de espaço. Pelo seu tamanho, esse tipo de galpão pode ser utilizado até para estacionamentos ou centros de distribuição. Outro dos seus benefícios mais interessantes é a possibilidade de utilizar materiais translúcidos no telhado, aproveitando a iluminação natural fornecida pela luz solar. A sua estrutura é sustentada por sistemas de tesoura, vigas ou terças, garantindo sua estabilidade.

Exemplo de galpão de lona.

Tendências nos métodos de construção

Independentemente do modelo escolhido, também é interessante estar atento às inovações oferecidas pelas construtoras especialistas nestas tipologias construtivas. Existem algumas tendências relacionadas à estrutura, aos sistemas de proteção, eficiência operacional e outras mudanças que possibilitam a construção de galpões cada mais inteligentes e indicados para cada negócio.  Confira logo abaixo as principais tendências para os galpões no mercado brasileiro e não perca nenhuma novidade.

Galpão metálico pré-fabricado

O galpão metálico pré-fabricado é ótimo para empresas que trabalham com grande estocagem e preferem uma armazenagem verticalizada. Sua vantagem mais relevante é a montagem mais dinâmica que esse tipo de galpão possibilita. O metal utilizado costuma ser galvanizado, deixando-o flexível e seguro.

Galpão de concreto pré-moldado

Muito em alta no mercado hoje em dia, método de construção pré-moldado tem como principal característica o uso de componentes padronizados. Esse tipo de galpão apresenta vários benefícios, como agilidade na construção, economia e segurança. Além das vantagens, é importante ter em mente que o galpão pré-moldado de concreto é um tipo de construção sustentável, otimizando a operação e gerando menos desperdício de recursos e materiais.

Estrutura mista

Nos últimos anos, os modelos mais tradicionais de galpões têm sido construídos de forma pré-moldada em concreto, um modelo de edificação que foi criado como uma solução para a redução de custos, desperdícios e tempo de obra. No entanto, percebe-se uma nova tendência no mercado: as estruturas passaram a ser construídas com modelos mistos, isto é, a cobertura do galpão não é mais feita com concreto e, sim, com telhados em materiais metálicos. 

Esse têm sido o padrão de construção usado nos galpões classe A, mais sofisticados que os anteriores. Além de ser mais econômico e tecnicamente superior, esse tipo de construção oferece menor risco de patologias, protegendo a mercadoria armazenada. Outro ponto interessante é que esse novo modelo não precisa de emendas ou parafusos aparentes, podendo ser fabricado e montado no próprio canteiro de obras, trazendo um maior ganho de tempo em todo o projeto. Essa estrutura também requer uma menor carga de pilares e fundação, agilizando ainda mais o processo.

Fechamento lateral

Outro fator que tem sofrido mudanças na construção de galpões são fechamentos laterais. Usualmente, telhas metálicas são mais utilizadas nas estruturas pré-moldadas, porém, os sistemas chamados tilt-up têm chamado atenção pela sua eficiência nos países de primeiro mundo.

Embora ainda não seja muito empregado no Brasil, esse sistema oferece paredes ou fechamentos com base de concreto, feitas de pré-moldados in loco, ou seja, produzidos diretamente no local da obra. Ao atingir a resistência necessária na criação, a peça é alçada até a sua posição e escorada no galpão.

Proteção contra incêndio

Uma das principais preocupações dos proprietários de galpões é a perda ou a danificação do local com incêndios. Com alguns casos de incêndio em galpões logísticos, as normas têm se tornado mais rigorosas. As medidas mais usadas são a instalação de compartimentos dentro dos galpões, isto é, a subdivisão do espaço criando ambientes onde o incêndio pode ser controlado sem danificar todo o galpão.

Além disso, a contratação de um projeto de combate a incêndio de qualidade é primordial e vai mitigar bastante esse risco. É comum a instalação de hidrantes e sprinklers pelo local. Em alguns estados do Brasil, essas medidas já são obrigatórias pelos órgãos reguladores, de acordo com a classificação das edificações. Apesar de serem um investimento alto, assim você garante uma maior proteção do seu estoque, atende às normas da legislação e evita um prejuízo maior.

Sustentabilidade

Palavra-chave no mundo corporativo atual, a sustentabilidade é uma inegável tendência nos mais diversos setores e mercados e isso também é válido na construção de galpões. Seja para otimizar o projeto, atrair clientes ou reduzir o custo de manutenção mensal da operação e o CAPEX, algumas das várias soluções que estão sendo adotadas são o tratamento de água e esgoto, o uso de luz e ventilação natural, uso de uma área verde no paisagismo ou no ambiente interno do local, a instalação de painéis de energia solar ou climatização otimizada. 

Outras soluções que podem ser adotadas são o reuso de águas pluviais para na manutenção de jardins e limpeza das áreas comuns, coleta de lixo seletiva, equipamentos de redução do desperdício de água, como torneiras com fechamento automático, diminuição do consumo elétrico com lâmpadas de LED e sensores de presença, uso de materiais alternativos, reciclados ou dos “materiais verdes” (que possuem certificações ambientais e são mais eficientes), entre outras tecnologias construtivas que reduzem desperdícios e geram menos resíduos, criando um canteiro de obras inteligente e autossuficiente.

Além de agregar valor para a sua empresa através de certificações e garantir o seu reconhecimento, tornar a sua construção sustentável reduz significativamente o impacto ambiental do projeto e pode proporcionar uma grande economia.

 

Agora que você já conhece os principais tipos de galpão e está por dentro das tendências do mercado, é muito importante escolher a melhor construtora para garantir a eficiência máxima do seu projeto.

A Amplus é uma empresa especializada na construção de galpões e têm a inovação, a governança e a sustentabilidade na essência do seu trabalho. Pensando em cada projeto individualmente, oferecemos ao cliente a solução mais adequada para a sua necessidade. Para construir o galpão ideal para o seu negócio, faça um orçamento conosco clicando aqui.

Alexandre Roger