Acompanhe as novidades e fique por dentro

19
mar

Dê adeus a aposentadoria como você conhece. Seja o único responsável pelo seu futuro!

Por André Nunes Magalhães

O sistema de aposentadoria do INSS é fadado ao fracasso, e não é difícil provar isso. Ficar esperando que essa renda seja o suficiente durante o final da vida é uma utopia. Planejamento para complementar essa renda é essencial, e a previdência imobiliária pode ser uma solução para você!

Independente do futuro da proposta atual de Reforma da Previdência é inevitável que o sistema previdenciário brasileiro passe por mudanças. Com o rombo previdenciário escancarado confiar no sistema público de previdência para assegurar a aposentadoria é um grave erro. É vital que todos, principalmente os mais novos, pensem em outras formas de renda para o futuro evitando que passem por dificuldades nessa época.

As estatísticas não estão a nosso favor

Durante muito tempo a preocupação com a aposentadoria não era tão relevante. Porém cada vez mais a conta do INSS não fecha.

Isso pode ser explicado pela estrutura demográfica. Por exemplo: em 2013 a expectativa de vida do brasileiro era de 74,6 anos e população com mais de 65 anos representava 7,4%. As expectativas para 2060 são de 81,2 anos e 26,7%. Em 2013 haviam 46 dependentes para cada 100 pessoas economicamente ativas. Estima-se que em 2041 esse número se iguale, ou seja, apenas metade da população estará trabalhando.

Para alguns isso pode parecer um pouco longe e um problema para a próxima geração. Mas a verdade é que se você está conectado a internet, lendo sobre o assunto e tem um mínimo de acompanhamento médico sua expectativa de vida deve ser próxima de 90 anos. Agora pense em quantos anos terá em 2041 e o quanto ainda viverá depois disso. A diferença entre passar esse tempo com dificuldades financeiras ou com uma renda que possa te atender é um reflexo do que você faz agora.

Se preparar não é tão fácil como parece

Muitas pessoas já passam por problemas financeiros durante a aposentadoria. Isso se deve a falta de educação sobre o assunto, principalmente no Brasil. 48% só dependem do INSS para se aposentar e 42% nem ao menos conhecem outras formas. Além disso, o brasileiro tende a querer aposentar mais cedo: em média aos 46 anos. Em países desenvolvidos esse número é de 58 anos.

Existem diversas formas de renda para o longo prazo. Porém normalmente não é tão fácil investir em algo tão pouco palpável. Às vezes mesmo que estejamos em uma fase da vida onde é completamente viável fazer um investimento mensal pensando no futuro esse investimento não é feito. A psicologia econômica explica isso facilmente.

O ato de comprar gera prazer enquanto planejar para o futuro dá uma sensação de privação. Se esse planejamento irá gerar um recurso que só irá ser utilizado daqui 20 ou 30 anos a situação fica ainda mais difícil. Uma forma de contornar isso seria investir em algo que desse uma sensação de retorno mais rápido e que ao mesmo tempo pudesse garantir uma renda no futuro.

Uma possível solução

Pensando nesses pontos que acabamos de falar o investimento imobiliário é uma excelente solução. Investimento imobiliário não apenas na aquisição de um terreno e dependência da valorização do mesmo. Investimento imobiliário no sentido de desenvolver um produto que irá se valorizar, gerar um retorno positivo e fornecer uma renda ao dono por toda a sua vida. Se bem feito esse investimento pode viabilizar várias formas de retorno. Esse retorno pode vir por meio da valorização da área, valorização da edificação e renda por aluguel.

Pensando no longo prazo e na geração de renda construir um empreendimento é facilmente muito mais lucrativo do que a aquisição de um pronto.  O primeiro ponto é que o custo da construção pode ser até 50% inferior. Além disso com o investidor participando desde a concepção do projeto ele pode otimizar ao máximo a sua ideia, aumentando a renda e diminuindo os custos com manutenção futura.

Também deve-se considerar o cenário econômico em que estamos vivendo. A taxa SELIC está em sua mínima histórica, em 6,75%, com expectativa de manutenção nesse patamar por algum tempo. Deixar o dinheiro parado recolhendo juros baixíssimos com a renda fixa é basicamente perder dinheiro. Se para esses tipos de investimento a SELIC baixa é negativa, para o investimento imobiliário é excelente. O dinheiro fica “barato” no mercado possibilitando financiamentos a taxas mais baixas minimizando o tempo de retorno. Esse é o momento perfeito para ser ousado e investir!

Porém, para o sucesso nesse tipo de investimento é vital possuir um bom projeto. Aqui na Amplus nós podemos te ajudar com isso! Desde a fase de escolha do terreno, passando pela concepção, viabilidade e finalmente na execução você conta com uma equipe preparada para atuar com transparência e chegar ao melhor resultado possível para o cliente.

Case: Visual residence

Para conhecer um pouco desse trabalho, te convidamos a ler um pouco sobre a história de concepção da Visual Residence.

Tudo começou com a ideia de um cliente que entrou em contato conosco explicando que queria uma renda extra para seu período de aposentadoria. Juntos, demos início aos estudos e chegamos a um excelente produto, que teve a participação do cliente em todas as etapas do processo.

Chegamos a ideia de uma edificação residencial que está localizada próxima a praça universitária e a 100m do Cantinho Frio. Ela conta com 16 unidades, popularmente conhecidas como kitnets. Cada uma possui uma suíte, sala, cozinha e área de serviço. Também existe estacionamento coberto e guarita para maior conforto e segurança dos usuários. Essa obra será entregue no início do segundo semestre de 2018 e a partir daí os apartamentos estarão disponíveis para aluguel.

Tem uma ideia parecida mas não sabe muito bem por onde começar? Entre em contato conosco e venha nos fazer uma visita! Seja com uma edificação residencial, comercial ou um galpão nós nos colocamos a disposição para te ajudar a desenvolver o produto perfeito que poderá trazer tranquilidade aos últimos anos de sua vida.

  • Compartilhe: