Acompanhe as novidades e fique por dentro

13
dez

Dicas para a qualidade na elaboração de projetos

Por Kelly Miranda

O desafio do projetista, seja ele arquiteto ou engenheiro não termina quando finalmente é fechada a proposta para elaboração de um projeto. É só a partir daí que se consolidam as ideias e começa o esboço do projeto executivo, que precisa contar com muito mais do que apenas desenhos e especificações técnicas.

Para isso, selecionamos 4 dicas para ajudar a elaborar um projeto eficiente e com qualidade:

1) Identificação clara das necessidades do cliente

Durante a concepção, é necessário levantar as necessidades e expectativas dos usuários, assim como estudar todos os fatores que interferem na execução do projeto. Desta forma, você alinha o projeto com as necessidades do cliente e evita a quebra de expectativa na apresentação do projeto.

Além de levantar essas informações, é importante que todos os envolvidos na execução do projeto em questão estejam cientes para que as ideias não se percam durante o processo e a entrega seja feita conforme o combinado.

2) Atendimento à normalização

Todos os projetos devem se manter sempre atentos à normalização específica, adotando soluções adequadas e viáveis economicamente.

3) Coordenação do processo de projeto

O ideal é que sempre haja uma equipe (interna ou externa) para gerenciar todos os projetos. A coordenação de projetos é responsável por garantir que as soluções técnicas desenvolvidas por equipes multidisciplinares (projetistas) sejam congruentes com as necessidades e objetivos do cliente. A coordenação também é a responsável por compatibilizar fisicamente os projetos. Não é raro encontrar projetos de um mesmo empreendimento em que mais de um sistema ocupe o mesmo espaço, e isso só é percebido durante a execução da obra, causando grandes transtornos.

Para que isso funcione, é de fundamental importância que o cliente-contratante dê autonomia à coordenação dos projetos, de modo que ela possa atuar e tomar decisões, e possa solicitar respostas dos projetistas para as necessidades encontradas, conferindo-lhe, assim, a autonomia necessária à gestão do processo de projeto.

4) Detalhamento

A entrega executiva do projeto deve contemplar todos os detalhes e especificações necessários para a execução. O projeto deve ser bem detalhado a ponto de que não haja a possibilidade de duplos entendimentos por parte do executor.

Elaborar um projeto não é nada fácil. Deve-se sempre ficar atento a dois pilares: a necessidade do cliente e as normas vigentes. Com base nesses pilares, é necessário fazer constantemente a análise financeira para verificar a viabilidade do processo construtivo. Hoje a Amplus não trabalha com a execução dos projetos, mas temos vários parceiros para esse serviço. A partir daí atuamos na coordenação de forma que possamos garantir a excelência no resultado e a satisfação completa do cliente.

  • Compartilhe: