Vale a pena construir um galpão?

  |   por

Seja para se estabelecer no mercado ou expandir suas operações, em algum momento você pode ter identificado a necessidade de…

Seja para se estabelecer no mercado ou expandir suas operações, em algum momento você pode ter identificado a necessidade de investir em um galpão logístico. Com tantas soluções disponíveis, fica difícil saber por onde começar. Embora já tenhamos falado anteriormente aqui no blog sobre os diferentes tipos de galpão, ainda podem restar muitas dúvidas quanto a esse investimento. É realmente necessário? É possível conseguir um galpão barato? É melhor construir, comprar ou alugar?

Essa decisão merece uma reflexão racional e cuidadosa, para poder identificar o que será melhor para resolver os seus problemas pontuais e descobrir o que vale mais a pena também a longo prazo. Para encontrar a melhor solução, variáveis como condições necessárias de armazenagem dos seus produtos e seus processos de distribuição devem ser considerados para justificar esse investimento.

Alugar, comprar ou construir?

Alugando um galpão

Muitas empresas, principalmente por não dispor de capital inicial imediato para investir em um local próprio, acabam optando pela locação de um galpão. Essa opção pode se mostrar atrativa por ser menos burocrática, uma vez que, além do investimento inicial menor, a responsabilidade e os custos com manutenção e segurança ficam a cargo do proprietário. No entanto, é importante tomar muito cuidado com o contrato de locação, pois o imóvel pertence a um terceiro e existem diversos riscos envolvidos nisso, inclusive o de ser despejado ou de o valor do aluguel subir brutalmente na hora da renovação.

Ao escolher alugar um galpão, geralmente espera-se um payback menor e menos riscos no investimento, uma vez que o capital investido é mais baixo, porém é preciso ter cuidado, pois esse não é o único cálculo a ser feito. Existem também algumas desvantagens que devem ser levadas em conta nessa solução. Por exemplo, o aluguel sairá bem mais alto do que seria a locação apenas do terreno. Além do mais, o pagamento dessa taxa mensal significa que o novo galpão não faz parte do patrimônio da empresa locatária e, na parte contábil, isso significa uma despesa e não um investimento. 

Outro importante fator de desvantagem a ser considerado é que, ao alugar um galpão cujo projeto não foi diretamente pensado para a operação que será instalada, a empresa pode perder produtividade e não extrair do negócio o mesmo que poderia em um local especialmente pensado para ela. Além disso, os contratos geralmente não permitem modificações na estrutura do galpão, o que pode ser um problema caso você necessite expandir suas atividades.

Comprando um galpão pronto

Outra solução recorrente é a aquisição de um imóvel pronto, uma opção que também pode resolver problemas mais rapidamente por oferecer a possibilidade de estabelecer as operações logo após a compra, não comprometendo as próximas etapas do cronograma do projeto do gestor. Com a pré-disponibilidade da infraestrutura do galpão, o estoque pode ser transferido para o novo local de armazenamento e o depósito pode voltar rapidamente ao pleno funcionamento.

A compra de um galpão pronto, no entanto, depende exclusivamente da disponibilidade de locais adequados à sua necessidade no mercado de galpões, o que é uma desvantagem devido à dificuldade de encontrar galpões modernos, flexíveis e que atendam satisfatoriamente às especificações da empresa. Principalmente se considerarmos os preços inflacionados devido à alta procura e possíveis dificuldades de negociação.

Essa solução pode funcionar muito bem para galpões de estoque e logística, porém outras operações com mais especificidades enfrentarão o mesmo problema da locação: por não dispor de uma estrutura construída pensando nas demandas da empresa, a operação pode perder eficiência, prejudicando os seus resultados. E muitas vezes, o custo para adaptações não compensa o investimento.

Mesmo adquirindo um galpão mais barato, essa opção pode ainda ser a saída mais cara a longo prazo, em caso de eventuais reformas para adaptar o local às suas demandas. Ao pensar em comprar um galpão, fatores como a localização, a distribuição do espaço interno e as facilidades em relação ao fluxo de pessoas e mercadorias no espaço devem ser levados em conta no investimento.

Construindo o seu próprio galpão

Apesar do maior investimento inicial necessário e de uma demanda de tempo maior até a utilização efetiva do espaço, construir um galpão mostra-se a saída mais eficaz a longo prazo, uma vez que essa opção apresenta uma maior possibilidade de customização do espaço e a escolha do terreno, com a garantia de que o projeto vai atender perfeitamente a todas as necessidades da sua empresa.

Basicamente, o galpão é feito sob medida para a empresa e suas operações. O mais importante aqui é a empresa alinhar junto à Construtora e equipe envolvida no projeto as suas necessidades, tornando as soluções tangíveis em um projeto que potencializará os resultados da empresa. 

A única ressalva na construção é o prazo de implantação, pois se houver pressa por parte da empresa, a fase de projeto e planejamento pode ser atropelada, levando a um galpão que não será o ideal para o seu negócio, não aproveitando o maior ganho que essa opção oferece.

Ao construir o seu galpão, é possível dotá-lo com recursos estratégicos exclusivos, como plataformas para carga e descarga, prateleiras personalizadas para armazenar mercadorias, espaço planejado para a circulação da frota e instalações e escritórios para o setor administrativo, por exemplo. Além disso, as recentes inovações no ramo da construção civil possibilitam projetos mais modernos, flexíveis e autossuficientes. Utilizando as mais novas tecnologias, esses recursos podem ser adaptados para o seu empreendimento.

Existe ainda uma outra opção que seria um meio-termo entre a compra e o aluguel: o built to suit. Esse conceito, que significa “construído para servir” em inglês, propõe que um imóvel seja construído especialmente voltado para as necessidades de um locatário específico. Ou seja, nesse modelo de contrato, o futuro locatário demanda a construção ou uma grande reforma do imóvel em questão para depois alugá-lo.

O built to suit pode ser uma solução interessante para indústrias ou comércios que precisam seguir um padrão de funcionamento, com necessidades específicas para suas instalações, mas que procuram um investimento mais pontual em vez da compra definitiva. A questão central dessa modalidade de investimento é que trata-se de um contrato de longo prazo, geralmente com validade de 15 a 20 anos. Para saber mais sobre esse tipo de investimento, você pode falar conosco. A Amplus dispõe de investidores para esse tipo de operação.

Afinal, como saber o que vale a pena?

Muitas vezes, o maior inibidor na construção de um galpão próprio é a situação financeira da empresa. Quando se trata um investimento importante, os principais benefícios retornam a médio e longo prazo. Algumas saídas para isso são os financiamentos a longo prazo como o FCO – disponível em Goiás – ou o built to suit, que explicamos anteriormente. Ao levar em consideração o capital disponível para o investimento, as estimativas de retorno financeiro, os riscos e o comportamento do mercado, é possível diagnosticar a viabilidade – também podemos auxiliar neste estudo, fale conosco   de um projeto. 

Para que o seu galpão tenha a qualidade e a infraestrutura ideal, é necessária a contratação de uma construtora especializada nesse tipo de serviço.  É fundamental escolher uma construtora que se preocupa com os projetos e com toda a operação, e não apenas com a execução. O trabalho mais importante é justamente o que antecede a construção: desenvolvimento, gestão e coordenação dos projetos, planejamento, escolha das tecnologias construtivas, etc.

A construtora vai avaliar todas as variáveis envolvidas no projeto, levantando informações sobre as questões econômicas citadas acima ou até mesmo delineando outras oportunidades, como uma localização estratégica para o terreno, para mais proximidade com os clientes e mais facilidade de transporte, por exemplo. Colocando “na ponta do lápis” todas as vantagens e desvantagens, encontramos a solução mais vantajosa e segura para o seu negócio, minimizando os riscos, disponibilizando os recursos e parcerias necessárias e garantindo o seu sucesso.

A Amplus oferece uma assessoria completa ao cliente já na fase de concepção do projeto, com estudos econômico-financeiros minuciosos, avaliando cada possibilidade e garantindo ao cliente a decisão mais acertada sem investimentos desnecessários. Além disso, dispomos das melhores parcerias para financiamentos. Conheça melhor como trabalhamos em cada etapa dos nossos projetos clicando aqui ou solicite um orçamento completo com a gente!

Alexandre Roger