Certificação Ambiental para construção, vale a pena?

capa do blog

  |   por

A princípio, possuir uma certificação ambiental para construção pode valer a pena como um grande diferencial no mercado imobiliário. Essas certificações foram criadas com…

A princípio, possuir uma certificação ambiental para construção pode valer a pena como um grande diferencial no mercado imobiliário. Essas certificações foram criadas com o intuito de estabelecer normas e técnicas que devem ser seguidas para minimizar os impactos negativos e potencializar os positivos que as construções geram no meio ambiente e na sociedade como um todo. Nesse sentido, hoje vamos falar sobre as principais certificações que um empreendimento pode obter. Leia até o final para entender como isso pode impactar diretamente na sua obra. 

Principais certificações ambientais para construções

imagem 360 graus com a Terra no centro e construções de prédios em volta, ambos da cor verde representando certificação ambiental para construção
Fonte: Pixabay

Certificação LEED

O sistema de certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), foi desenvolvido pelo Green Building Council para orientação ambiental de edificações. Além disso, o órgão responsável por ele no Brasil é o GBC Brasil. É um certificado de eficiência da construção que faz uma análise da eficácia energética, hídrica e a redução dos gases no efeito estufa. 

Ele possui um sistema de pontuação que vai de 0 a 110 pontos, dividindo-se assim em 4 níveis: 

Certified – 40 pontos 

Silver – 50 a 59 pontos  

Gold – 60 a 79 pontos  

Platinum – acima de 80 pontos 

Dessa forma, quanto mais avançado o selo, maior será o valor agregado ao empreendimento. Além disso, existem também alguns pré-requisitos básicos para a certificação LEED. Eles referem-se a sete categorias chave para a promoção da sustentabilidade: 

  • Eficiência Hídrica 
  • Energia e Atmosfera 
  • Materiais e Recursos
  • Implantação Sustentável 
  • Conforto Ambiental 
  • Inovação e Projeto 
  • Crédito Regional 

Então, se seu projeto cumprir as condições exigidas, é possível fazer o requerimento da Certificação LEED. Se você ainda está na fase de concepção do produto e pensa em certificar, tome esses requisitos como premissas para o projeto. 

Como obter o LEED?

  1. Primeiramente, é necessário escolher qual tipo de empreendimento você quer certificar (esse link pode ser mais explicativo); 
  2. Depois, precisa registrar seu projeto no site do Greenbuilding
  3. Seguindo, deve enviar toda a documentação exigida pela plataforma e então, aguardar a análise. 

Se tudo estiver de acordo com as exigências, a certificação LEED pode ser concedida. Além disso, você também pode facilitar esse processo procurando por um profissional credenciado para fornecer consultoria.  

Certificação Aqua

Aqua foi desenvolvido a partir da certificação francesa Démarche HQE (Haute Qualité Environnementale) e aplicado no Brasil exclusivamente pela Fundação Vanzolini. Suas bases foram adaptadas e desenvolvidas considerando as normas técnicas e a regulamentação brasileira.   

Nesse sentido, trata-se da gestão total do projeto para obter a alta qualidade ambiental da construção. O processo de certificação exige um Sistema de Gestão do Empreendimento (SGE) que permite o planejamento, a operacionalização e o controle de todas as etapas do desenvolvimento, ou seja, são diretrizes voltadas para o alto padrão, com o objetivo de garantir um produto final com menos impacto ambiental e maior conforto aos usuários.

Sendo assim, a avaliação consiste em três níveis e analisa 14 categorias, sendo que, para obter o AQUA o empreendimento precisa alcançar o perfil de Melhores práticas em três categorias, o nível Boas práticas em quatro categorias e o perfil Base em sete categorias. 

Categorias:

  • Sítio
  • Componentes
  • Canteiro de Obras
  • Energia
  • Água
  • Resíduos
  • Conservação – Manutenção 
  • Conforto higrotérmico, visual e olfativo
  • Qualidade dos espaços, do ar e da água

Níveis:

  • Base
  • Boas Práticas
  • Melhores Práticas

Como obter o Aqua?

Para conseguir a certificação Aqua é necessário passar por algumas etapas obrigatórias:

  • A 1º etapa ocorre no Pré-Projeto: análise do local, hierarquização das 14 categorias, justificativa e proposta dentro do perfil QAE, planejamento do SGE e avaliação da QAE. 
  • A 2º etapa acontece no Projeto: elaboração das soluções, gerenciamento do empreendimento dentro da SGE e avaliação da QAE. 
  • A 3º etapa está na Execução: execução da obra seguindo a SGE, registros e gestão dos impactos no canteiro de obras e capacitação dos gestores e dos outros profissionais envolvidos no processo. 

Dessa forma, em cada etapa ocorre uma auditoria presencial para verificar se o projeto está atendendo os critérios ao longo de seu desenvolvimento. Elas possuem parâmetros avaliativos e de aplicação, ou seja, o empreendimento realiza um excelente nível de conservação ambiental.

 Selo Casa Azul

Desenvolvido pela Caixa Econômica Federal, com o objetivo de promover o uso racional de recursos naturais nas construções e a melhoria da qualidade da habitação, o Selo Casa Azul reconhece projetos que buscam e adotam uma saída eficiente na construção, no uso e na manutenção dos edifícios.

Assim como os outros, ele possui critérios de avaliação. São 53 critérios, sendo 19 obrigatórios, distribuídos nas seguintes categorias: 

  • Qualidade urbana  
  • Projeto e conforto
  • Eficiência energética 
  • Conservação de recursos materiais 
  • Gestão da água 
  • Práticas sociais 

De acordo com a adequação do projeto nas categorias, o empreendimento poderá ser classificado em um dos três tipos de Selo Casa Azul:

  • Bronze: atende aos 19 itens obrigatórios  
  • Prata: atende aos 19 itens obrigatórios, mais 6 opcionais 
  • Ouro: atende aos 19 itens obrigatórios e 12 ou mais itens opcionais 

Como obter o Selo Casa Azul?

Antes de mais nada, o Selo Casa Azul pode ser obtido por qualquer empreendimento financiado ou submetido aos programas da Caixa Econômica Federal. Ou seja, negócios do ramo construtivo, cooperativas, empresas de habitação públicas, poder público, entidades que representam movimentos sociais e associações, são exemplos de organizações que podem se candidatar à certificação do Selo Casa Azul.

Primeiramente, é necessário apresentar todas as licenças ambientais cabíveis, avaliações ambientais em locais com risco de contaminação, regularização fundiária, Plano Diretor, código de obras e demais documentações exigidas por lei. Contudo, precisa-se da aprovação do projeto pelos órgãos competentes e um pleno alinhamento às normas de saúde e segurança do trabalho.

Pode entender melhor sobre as exigências consideradas nesse link.

Selo Procel Edificações

O Selo Procel tem como objetivo identificar as edificações que possuem as melhores classificações de eficiência energética seguindo as seguintes categorias: 

  • Envoltória 
  • Iluminação
  • Condicionamento de ar
  • Aquecimento de água

Como obter o Selo Procel Edificações?

Ele pode ser atribuído desde a etapa do projeto e é válido após o edifício construído. Contudo, para conseguir esse Selo, é necessário antes obter a Etiqueta PBE Edifica – Classe A. São emitidos pela Eletrobrás após a inspeção por um Organismo qualificado (pode conferir a lista no site do Procel Info). 

Quais as vantagens de obter essas certificações?

Existem várias vantagens em obter uma certificação ambiental pra sua construção. Além de benefícios para o Meio Ambiente, elas agregam em:  

  • Crescimento do poder de marketing do seu empreendimento; 
  • Valorização significativa do imóvel, projeto e do portfólio da sua empresa; 
  • Maior facilidade para regulamentação do empreendimento; 
  • Menores custos operacionais da construção, já que os recursos serão melhor utilizados; 
  • Tratamento correto dado aos dejetos da construção; 
  • Menor demanda de recursos hídricos e redução de emissão de gases no efeito estufa; 
  • Melhores condições de conforto interno e externo; 
  • Associação da empresa à sustentabilidade;  
  • Melhor relação de órgão ambientais e comunidades;  
  • Diferencial competitivo para a construtora; 
  • Desempenho térmico da obra melhora significativamente; 
  • Benefícios econômicos para os usuários;
  • Certeza de que seu empreendimento está dentro dos padrões de sustentabilidade e é eficiente energeticamente. 

Qual a importância de uma Certificação Ambiental para minha construção?

Preservação do Meio Ambiente: de acordo com dados divulgados pelo Conselho Brasileiro de Construção Sustentável, a construção civil – de forma global – é responsável por 30% da geração de resíduos sólidos, 20% do consumo de água e 35% de toda a energia consumimos. Nesse sentido, os selos e certificações de sustentabilidade atuam na preservação da Terra. 

Conexão com pessoas que defendem os mesmos valores: as certificações de sustentabilidade podem ajudar a atrair clientes, fornecedores, parceiros e colaboradores que se preocupam em se conectar com empresas que possuem os mesmos valores e defendem as mesmas causas. Ou seja, que se atentam em gerenciar e diminuir o impacto ambiental/social causado pela execução de obra. Sendo assim, algumas grandes empresas, especialmente internacionais, só se instalam em edifícios certificados. 

Destaque no mercado: uma empresa que possui empreendimento com selos e certificação ambiental para construção é destaque no mercado.  

Economia em longo prazo: recursos financeiros também estão em jogo quando o assunto é sustentabilidade. Processos mais sustentáveis otimizam a utilização de recursos, gerando menos desperdício e contas menores. 

Enfim, caso esteja pensando em obter alguma certificação ambiental para sua construção, procure profissionais e empresas que tenham conhecimento na área. Aqui na Amplus Construtora, temos a sustentabilidade como um dos nossos valores principais e estamos preparados para te ajudar em todo o processo para obter uma certificação, independente da tipologia construtiva, seja um Galpão, Hospital, Edificação Residencial ou Hotel, da concepção do produto à entrega final. Tem interesse? Entre em contato!